PROVOCAÇÕES

  1. Quando nos questionamos sobre a nossa condição e respondemos que somos felizes ou infelizes, sabemos o que significam esses conceitos? O que é felicidade? Em que consite a infelicidade? Não confundimos a felicidade com alegria, e a infelicidade com tristeza? Quais desses conceitos se relacionam com estados humanos e quais se referem a condições humanas?  Qual a diferença existente entre esses conceitos? É possível ter consciência de que somos felizes ou infelizes se não sabemos o siginificado desses conceitos? Como podemos conhecer esses significados? Podemos conhecê-los?
  2. Quando avaliamos o que conhecemos, quase nunca nos questionamos sobre determinadas temáticas que são inerentes ao universo das questões acerca do conhecimento. O que é conhecer? O que é conhecimento? Podemos conhecer? Se não temos consciêcia sobre o que é o ato de conhecer, podemos afirmar que conhecemos? Em geral, essas questões são negligenciadas e evitadas. Você é capaz de pensar sobre elas? Dedique-se e procure expressar o que pensa!
  3. Revisitando o pensamento clássico, podemos apresentar pelo menos dois questionamentos sobre os quais precisamos dedicar alguma reflexão. Primeiro, é possível haver algo em nossa consciência que não tenha antes passado por nossos sentidos? Segundo, é possível realizar alguma experiência sensorial sem dispor da razão para dar significado a ela? Embora sejam paráfrases de pensadores antigos, essas questões podem ser consideradas modernas e muito atuais. Conhecemos pela experimentação ou pela intelecção? Como você compreende esse embate? Não se cale diante dele: conteste, confirme ou corrija o que considerar necessário. Expresse seus pontos de vista!
  4. Falamos sobre o que verdadeiro e o que é falso. Rotulamos pessoas e objetos como falsos ou verdadeiros. No entanto, quase niguém se questiona sobre a verdade. Vamos experimentar essa reflexão? Lá vai mais uma provocação: o que é uma verdade? Filosofe, pense bem, deixe sua resposta e/ou proponha uma nova pergunta.
  5. O que é ser um amigo/a? O que é a amizade? Você sabe? Se não sabe, como sabe se você tem amigos/as? Como sabe se vc é um amigo/a?
  6. O que é ser aluno/a? O que é ser estudante? Há alguma diferença? Qual é a diferença? Você sabe? Você é estudante ou aluno/a? Por quê?
  7. Em breve, uma nova provocação. Aguarde!

 

Pense Bem!

Se você deseja participar desse blog totalmente dedicado à reflexão e à crítica ampliativa, empregue o espaço “comente” e escreva sua contribuição. Para nos enviar a expressão de seus pensamentos, você necessitará se indetificar (nome e turma / nome e origem), pois seu comentário será avaliado (podendo sofrer alguns ajustes) para possível publicação, com a devida identificação, no link correspondente ao seu grupo na página inicial. Filosofe sempre! Pensar bem faz bem!

Caso não deseje se posicionar acerca das temáticas apresentadas até o presente momento, proponha algo novo ou aguarde as próximas provocações. Não se recuse a pensar bem! Por isso, visite-nos sempre para conferir nossas novidades. Esse é o espaço para apresentar as suas opiniões! Esse é o lugar onde você pode divulgar seu modo de pensar! Esse é o local para expressar suas perspectivas mais pertinentes e contestar absurdos! Esse espaço é só seu!

Pensar Bem!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: